Contato:

CONTATO: vereadorajanaina@gmail.com - 99776041

quarta-feira, 12 de março de 2014

JANAINA FURTADO VEREADORA: Unidade de Saúde da Mulher e Um Centro de Recuperação de Dependentes Químicos em Tarauacá

Janaina Furtado
Na sessão de terça feira, 11 de março, apresentei proposições em benefício das mulheres de Tarauacá.

Agradeço aos colegas vereadores pela aprovação das mesmas. Espero que o Poder Executivo possa atender os pedidos com maior brevidade possível.

Unidade de Saúde da Mulher.

A primeira propõe sugerindo ao Prefeito Municipal Senhor Rodrigo Damasceno e ao Secretário Municipal de Saúde Senhor Carlos Tadeu, a criação de uma Unidade de Saúde da Mulher.

A ideia é concentrar os atendimentos de ginecologia e obstetrícia, proporcionando às mulheres um local único e exclusivo para consultas, exames ginecológicos e outros.

O Centro de Saúde da Mulher deverá proporcionar também exames de prevenção do câncer de mama através de um aparelho de mamografia a ser instalado no local.

Em Tarauacá faz-se necessário um centro de atendimento especializado e exclusivo para nossas mulheres que muitas vezes precisam chegar de madrugada nos postos de saúde para agendamento de uma consulta através de uma das poucas fichas distribuídas que não atendem à demanda. Além disso, nossos profissionais de saúde não dispõem de um espaço exclusivo e equipado para atendimento de nossas mulheres.

O câncer de mama ainda é o tipo da doença que mais mata as mulheres entre 35-54 anos em todo o mundo. A cada 10 mulheres diagnosticadas com esse tipo de câncer no Brasil, três morrem por conta da doença, segundo dados do Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva, órgão do Ministério de Saúde.

O câncer de colo do útero, embora sua incidência esteja diminuindo, ainda está entre as enfermidades que mais atingem e matam as mulheres no Brasil.

Centro de Recuperação de Dependentes Químicos.

A segunda atende um pedido de muitas mães que me procuram constantemente sugerindo ao Prefeito Municipal Senhor Rodrigo Damasceno e ao Secretário Municipal de Saúde Senhor Carlos Tadeu, Secretário Municipal de Assistência Social, Antônio Araújo, a criação de um Centro de Recuperação de Dependentes Químicos.

Estive recentemente no mercado público de Tarauacá conversando com alguns dependentes químicos que se estabeleceram naquela área. Homens e mulheres que largaram família, trabalho e a própria vida por conta da dependência do álcool. Todos têm uma história para contar e muitos deles apesar de já apresentarem transtornos mentais, dependência química, depressão, estresse e transtornos alimentares, ainda manifestam a vontade de receberem tratamento. 

Em Tarauacá esse é um problema que afeta dezenas de famílias. Muitas mães me procuram para pedir que eu lute para que em nossa cidade seja criado um centro de recuperação para essas pessoas. Encarar o problema de frente é um desafio para o doente e para sua família e para o poder público. Muitas pessoas ainda enxergam o alcoolismo como fraqueza, falta de caráter, e não como uma doença. Um deles me confidenciou que passou 8 meses numa clínica em Rio Branco e voltou para Tarauacá. Chegando aqui, não encontrou trabalho e sem apoio da família, acompanhamento psicológico, voltou a beber. Outro caso é o da nossa conhecida "Xuxa Park" que foi levada para Rio Branco através da prefeitura para receber tratamento e fugiu mesmo antes de começar a receber a medicação. 

Dez por cento da população brasileira sofre com o alcoolismo. Os homens estão à frente nessa estatística com 70% dos casos, enquanto as mulheres correspondem a 30%. "O alcoolismo é a doença mental mais comum no mundo”, afirma Sérgio Nicastri, psiquiatra do Hospital Israelita Albert Einstein. (http://www.einstein.br/) 

A dependência química não afeta somente a pessoa e sim toda a sua família e seus amigos. Esse é um problema que diz respeito à todos nós, especialmente aos pais .

JANAINA FURTADO

Nenhum comentário:

Postar um comentário