Contato:

CONTATO: vereadorajanaina@gmail.com - 99776041

terça-feira, 1 de abril de 2014

JANAINA FURTADO VEREADORA: AUMENTO DE PREÇO E ESCASSEZ DE ALIMENTOS PREOCUPA POPULAÇÃO E EMPRESÁRIOS

Vereadora Janaina visita comerciantes
Com a grande enchente do Rio Madeira e o bloqueio da BR 364 sentido Rondônia, que isolou o nosso estado do restante do país, a capital já sofre com desabastecimento de vários produtos, mesmo com os esforços que estão sendo dispensados pelo governo e pelo nosso empresariado.

Com o empresário Herbert do ramo de material de construção
TARAUACÁ: Nesses dois últimos dias tive a iniciativa de visitar alguns comércios em nossa cidade para conversar com pequenos, médios  e grandes comerciantes do ramo de produtos da cesta básica, especialmente alimentos e também combustível, material de construção, medicamentos e outros. 

OBJETIVO: Meu objetivo foi saber quais as consequências que nossa população tarauacaense sofre e ainda irá sofrer devido à enchente do Rio madeira. 

Comércio não vende mais no atacado
AUMENTO DE PREÇO E RACIONAMENTO: Depois das visitas e com as informações colhidas já posso afirmar: Os preços de vários produtos já aumentaram bastante, alguns já estão sendo racionados e outros não se encontram mais nas prateleiras dos grandes comércios. Um exemplo é o óleo de cozinha que passou de R$ 2,50 para R$ 4,00 e só se pode comprar 3 unidades do produto. Assim acontece com açúcar, óleo, leite, etc.

Já faltam muitos produtos no supermercado
VAI FALTAR: Na conversa com uma pessoa responsável por um dos grandes supermercados da cidade, me certifiquei que já faltam produtos congelados e outros da cesta básica. Ele me disse que em 30 dias poderá faltar quase tudo
VENDA SÓ NO VAREJO: Num dos estabelecimentos médios, caso do Senhor Ademir, que vende no atacado principalmente para abastecer pequenos comércios e diretamente para consumidores, já estão faltando ou acabando diversos produtos. Falta, por exemplo: óleo, café, frango e outros. As vendas no atacado estão suspensas. A tendência é que o estoque que ainda resta não durar muito tempo.
Em 20 dias faltará pão em toda a cidade
PANIFICADORAS: Quanto às panificadoras a informação é que o estoque de trigo e outros produtos usados na fabricação de pães, devem durar apenas mais 20 dias.

Importadora Maia
Já no ramo de material de construção está faltando cimento, argamassa, PVC, alumínio, tinta, telha de Brasilit e outros. O cimento que ainda tem no estoque está mais caro. Os estoques das lojas estão acabando.

MEDICAMENTOS: Na farmácia municipal já estão faltando medicamentos básicos.

COMBUSTÍVEIS: De acordo com alguns donos de postos, não deve faltar combustível, porém, os preços aumentaram.

AUMENTO REPASSADO AOS CONSUMIDORES: Os comerciantes alegam que estão comprando mais caro em Rio Branco e Cruzeiro do Sul e estão repassando os aumentos para os consumidores.

ESPERTALHÕES: Há suspeitas de que alguns comerciantes espertos estariam estocando produtos à espera do desabastecimento para vender com preços mais altos. Os bons comerciantes estão atendendo os consumidores diariamente.

ATÉ ÁGUA ESTÁ FALTANDO: Fata também água potável nas casas dos tarauacaenses, devido ao racionamento dos produtos usados pelo Depasa para a limpeza dá água nas estações de captações. Os produtos chegam ao Acre em caminhões e agora estão faltando.

Vamos nos mobilizar
Sem querer aqui causar pânico na população, mas, essa é a realidade do momento. Vou propor que a Câmara de Vereadores chame pra si essa responsabilidade de convocar os poderes, a sociedade civil e nossos comerciantes, para que essa situação seja debatida com urgência. Devemos nos juntar para tentarmos encontrar uma saída.

JANAINA FURTADO

Nenhum comentário:

Postar um comentário