Contato:

CONTATO: vereadorajanaina@gmail.com - 99776041

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Margaridas do Acre marcham rumo a Brasília


Cem acreanas partiram na tarde deste sábado, 8, rumo a Brasília, para participar da 5ª edição da Marcha das Margaridas. Estão indo protestar contra as desigualdades sociais, denunciar todas as formas de violência e lutar pelo fortalecimento do movimento feminista das trabalhadoras rurais.

O evento, em Brasília, nos dias 11 e 12, terá a participação da presidente Dilma Rousseff. Mais uma vez, o Acre é destaque, por ser o único que teve 100% de suas reivindicações incluídas na pauta da Região Norte.

“Nossa meta é dar visibilidade para as mulheres trabalhadoras do meio rural. Já tivemos muitas conquistas, e uma delas é a unidade móvel que dá apoio às ações de violência contra a mulher no Estado. Outra grande conquista da marcha foi a titulação definitiva de posse da terra, que hoje vem no nome da mulher. O Acre hoje é referência nacional pelas políticas públicas de valorização das mulheres”, disse Fátima Silva, diretora de Mulheres da Federação dos Trabalhadores em Agricultura do Acre (Fetacre).

A marcha, realizada a cada quatro anos, também tem como foco reafirmar o protagonismo e dar visibilidade à contribuição econômica, política e social das mulheres do campo na construção de um novo processo de desenvolvimento rural voltado para a sustentabilidade da vida humana e do meio ambiente.

A secretária de Políticas para as Mulheres, Concita Maia, disse que este é um momento em que as mulheres estão escrevendo mais uma página da história de luta das Margaridas do Acre.

“Esse foi um processo muito rico de mobilização e organização, em que o governo do Estado, por meio da SEPMulheres, esteve presente na construção das propostas que elas trouxeram de dentro da floresta. São reivindicações na área de saúde, educação e de enfrentamento à violência contra a mulher”, comentou.

Ainda segundo a gestora, essas são pautas ricas e recheadas de boas intenções que traduzem a realidade das mulheres rurais do Acre e suas demandas. “São reivindicações que irão pautar a presidente Dilma na construção do Plano Nacional de Políticas para as Mulheres. Foi uma honra, juntamente com a prefeitura de Rio Branco e a Assembleia Legislativa, estarmos junto com elas nesta caminhada rumo a Brasília”, frisou.

Fonte: Agência de Notícias do Acre

Nenhum comentário:

Postar um comentário