Contato:

CONTATO: vereadorajanaina@gmail.com - 99776041

domingo, 4 de janeiro de 2015

JANAÍNA FURTADO VEREADORA : EM PROTESTO ATLETAS DO VÔLEI FEMININO E MASCULINO AFIRMAM QUE NÃO SÃO PALHAÇOS


Em Tarauacá o povo está sempre pronto pra luta. Mesmo em uma noite em que não se espera grandes acontecimentos a nossa população mais uma vez é surpreendente.

Na noite desse sábado, atletas de voleibol masculino e feminino, reuniram-se em protesto em frente ao Ginásio Poliesportivo Ruynet Lima De Matos, para reclamar a falta de organização durante a realização do Campeonato de Vôlei de Tarauacá. 

O projeto é financiado pela Lei de Incentivo ao Esporte, sob responsabilidade da Liga Tarauacaense de Voleibol- LTV, no valor de R$ 6.870,00. Os atletas relatam as dificuldades por enfrentados, desde a falta de bola, rede em estado precário, arbitragem despreparada e principalmente o descumprimento ao regulamento do evento.

"Clamo urgentemente uma reunião com todos os atletas do Campeonato de Vôlei masculinos e femininos para decidirmos o que nós vamos fazer, chega de gastarem o nosso dinheiro em vão e ainda sermos humilhados. 
Vamos organizar um campeonato. Nós poderemos planejar e termos em  mãos a tabela dos jogos para sabermos qual o dia a hora e as circunstâncias de nossos jogos.
Dessa forma não aceitamos, não somos palhaços. Temos nossas obrigações, nossos afazeres, vamos ao ginásio para participar do jogo e quando chegamos lá, somos informados que o jogo não vai acontecer. Assim não vai continuar, queremos uma resposta.
Sejamos guerreiros. E quanto aqueles que ficaram se escondendo, mostrem sua cara não seja caramujos , sejam honesto com vocês mesmos’’. Disse José Ivonaldo

Deixo aqui meu apoio a galera do vôlei e ainda reforço o que disse no protesto. Que a organização é que vai garantir o sucesso do campeonato, tudo isso é  muito ruim para o voleibol. Eu só espero que isso passe logo.

Eu pessoalmente vou acompanhar o desfecho desse episodio. Ouvindo tanto os atletas como os responsáveis pela realização do campeonato.

JANAINA FURTADO

Nenhum comentário:

Postar um comentário